dezembro 2014

É hora de renovar…

É chegado, enfim, aquele momento que todo mundo esperava. É hora de agradecer por tudo o que passou, tudo que 2014 te ensinou, todas as coisas que ele te proporcionou.

É hora de olhar para trás, com orgulho de tudo que você fez, orgulho de quem você foi. Não se martirize se as coisas não saíram do jeito que você queria, se 2014 não foi o ano que você esperava. Perdoe-se. Você fez o melhor que poderia ter feito.

Fique tranquilo e deixe-o ir, deixe-o passar. Para renovar de verdade não se pode ficar apegado ao passado, nem pensando o quanto foi bom, muito menos se culpando pelo que não deu certo.

Agora é o momento de se preparar e se comprometer. Comprometimento com você mesmo, é claro. Comprometa-se a fazer tudo melhor, não importa quão bem você tenha feito em 2014. Comprometa-se em ser melhor, em crescer sempre, em evoluir.

Entregue-se por completo e mergulhe de cabeça em tudo o que você tiver que fazer em 2015 e, por favor, faça mais por você mesmo e menos pelos outros. Faça menos pensando no que os outros esperam de você, o que eles vão pensar, em como eles gostariam que você agisse. Faça pensando em como você vai se sentir.

Lembre-se também que você tem planos e objetivos bem definidos (se ainda não tem, volte aqui e aqui) e, antes de tomar uma decisão questione-se “Isso está de acordo com os meus objetivos?” “Isso vai me aproximar do que eu quero para minha vida?”. Se a resposta for não, deixe passar, não importa o quão bom aquilo lhe pareça, e, menos ainda, o que as outras pessoas fariam no seu lugar.

Eu quero te pedir mais uma coisa para esse ano: Que você arrase!!! Que você seja você em sua melhor versão! E que faça tudo o que for preciso para que os seus sonhos se realizem!!!! (Foram três coisas, né..rs…)

Agora que já estamos combinados, sei que você já está pronto! Então, sinta o novo chegando e, como um belo banho mar, levando embora tudo o que não lhe serve mais! Sinta a energia da renovação em todo o seu corpo, em todas as suas células.

Entregue-se, porque o melhor ainda está por vir!!!

Então, vem comigo!

Se joga em 2015! Um ano pra chamar de seu!!! (18 dicas para ter um ano memorável)

Um ano novo está batendo na porta. Sei que você já está cansado de saber disso, mas o que eu quero saber de verdade é: quais histórias você vai querer contar no dia 31.12.2015? O que vai dizer aos seus amigos e familiares, todo orgulhoso, que fez em 2015?

A história da nossa vida é construída a cada dia e o que você está escrevendo nesse livro? O que você tem para contar sobre 2014? Que trabalhou muito, não teve tempo para a sua família, muito menos para se exercitar, comeu o que estava no jeito… Peraí, você se lembra de 2014? Ou só se deu conta que ele tinha acabado quando viu que já estava na hora de comprar os presentes de Natal?

Relaxa, em 2015 vai ser diferente. Vamos construir um ano sensacional, o SEU ANO, recheado de coisas legais, que te renderão as melhores histórias!!! Sim, eu prometo, se você fizer exatamente do jeitinho que vou te falar, você vai ver o quanto vai aproveitar esse novo ano e se sentir transformado quando ele terminar. Vamos lá?

  1. Aprenda uma coisa diferente a cada mês. Uma coisa que você nunca fez, ou que sempre teve vontade de aprender. Não precisa ser nada muito complexo, ou pode ser, se você quiser, desde fritar um ovo, a aprender a meditar, até mesmo fazer um curso de pintura. Use sua imaginação!!! Entre em contato com o novo, experimente novas sensações, desafie seu cérebro!
  2. Coma uma coisa que nunca provou na vida! De novo, vai de você, pode ser desde abobrinha a escargot. Saboreie o novo, vai com vontade, sem nojinho, experimentar um novo sabor, criar novas memórias gustativas. Sabia que você pode gostar? Que pode ter novos prazeres?
  3. Vá a algum lugar que nunca tenha ido. Taí a oportunidade de concretizar aquela viagem que está nos seus planos há anos, mas, por um motivo ou outro você sempre deixa para depois. Entre em contato com novas culturas, novos povos, novos hábitos. O que você pode aprender com eles? Quais as lições que pode trazer para a sua vida?
  4. Converse com uma pessoa completamente estranha. Não, não pode pular essa, mesmo se você for muito tímido. Pode ser super legal e você pode aprender coisas novas, e quem sabe até fazer um novo amigo!
  5. Por falar em amigo, marque um encontro com alguém que não vê há muito tempo. Relembre as velhas histórias. Dê boas risadas. Retome o contato com quem você gosta muito, mas a correria do dia a dia fez com que vocês se afastassem.
  6. Correria? Ah, não, isso a gente não quer ver por aqui. Então, dê uma sondada na sua vida e pense em como pode ter mais tempo livre para fazer mais do que você gosta e menos do que tem que fazer por obrigação. Ah, não me venha com desculpas! Trato é trato. Dê um jeito aí. Eu sei que você consegue!
  7. Faça alguma coisa que você gostava muito de fazer quando criança e agora acha que está velho demais para isso. Tipo colorir, brincar de massinha, fazer bolinhas de sabão, soltar papagaio, observar os desenhos das nuvens… é contigo!
  8. Fale para as pessoas o quanto você as ama! Sim, você precisa relembrá-las disso, mesmo que elas estejam carecas de saber, é uma delícia ouvir e dizer!
  9. Elogie mais. Faça elogios a pelo menos uma pessoa todos os dias. Aqui quanto mais melhor. Você criará uma atmosfera tão boa ao seu redor, que atrairá para perto só pessoas legais, além de fazer com que o outro se sinta super bem consigo mesmo.
  10. Beba mais água. Tá vai, esse item não vai te fazer ter novas histórias para contar, mas vai te dar muita energia e disposição para realizar as outras coisas.
  11. Faça atividades físicas. Academia é um saco? Então junte-se a um grupo de corrida, chame um amigo para caminhar, faça natação, jogue vôlei, futebol, peteca, sei lá… mas faça algo.
  12. Olhe-se no espelho todos os dias ao acordar e veja o quanto você é bonito! O quanto é especial e que não há ninguém no mundo igual a você. Valorize-se por isso, e…
  13. … Trate-se como tal! Cuide de você de um jeito único, como se você fosse a coisa mais preciosa do mundo, porque VOCÊ É!!! Trate-se com todo o capricho que você merece, pois o que fazemos conosco é a mensagem que passamos ao mundo sobre como queremos ser tratados. Então, de agora em diante, para você só o melhor, ok?
  14. Tenha sempre um caderninho à mão, para poder fazer os registros de tudo que for acontecendo em sua vida. Sua memória pode até ser boa, mas ela não será capaz de guardar tudo com tantos detalhes. E nossas histórias devem ter riquezas de detalhes.
  15. Quando alguma coisa te irritar, tente se lembrar de algo que te irritou há cinco anos atrás. Isso hoje é importante para você? Então esse fato de agora também não será. Logo, não gaste com isso a sua energia. Deixe passar e foque no que te faz bem (a listinha da inspiração pode te ajudar!).
  16. Seja grato! Vibre em gratidão! Reconheça como o Universo é magnífico e sábio e agradeça por tudo que lhe acontece, mesmo que na hora você não consiga enxergar nada de bom naquela situação. Mais pra frente você vai perceber que até o “ruim” te acrescentou algo de bom (te livrou de uma coisa pior, te fez mais forte, te fez crescer) e você vai se arrepender por ter reclamado e praguejado tanto. Então, não corra o risco, seja grato desde logo, e passe a enxergar a vida com outros olhos.
  17. Sonhe muito, mas MUITO mesmo!!!! Mantenha esse coração sempre quentinho e aconchegado e a mente sempre positiva, pensando em tudo de maravilhoso que você pode construir na sua vida. Uma vez, quando eu era pequena, me disseram assim: “Carol, sonhe alto, o mais alto possível, pois, se você realizar metade do que sonhou, já terá chegado muito longe!”. E eu agora te repito o conselho!
  18. Venha sempre aqui me visitar! Eu te darei combustível para seguir firme em sua jornada, para que você se mantenha sempre animado e motivado, afinal, minha missão é fazer com que você conquiste a vida dos seus sonhos e que seja feliz pra caramba!!!

Vamos arrasar em 2015, combinado? Então, vem comigo!!!

Porque sonhar é fundamental!

Inspirada em Vinícius, os céticos que me perdoem, mas sonhar é fundamental…

Sei que muita gente acha uma grande besteira essa história de sonhar, mas acredite em mim, sonhar é imprescindível!

Todos os grande realizadores, todos os grandes líderes e ícones da história foram, antes de tudo, sonhadores (ah, e incompreendidos também)! E eles não teriam se tornado quem se tornaram se não tivessem se entregado por completo àquele desejo profundo e latente que os moviam. Sim, estou falando do sonho.

O sonho, além de ser o acalento da alma, é o primeiro passo para a criação da realidade. Oi? Calma, que eu explico.

A nossa mente é uma máquina incrível, um computador com configurações incopiáveis (ai, me deixa, eu gosto de inventar palavras!) e capaz de coisas que você nem pode imaginar. O atributo mais incrível da nossa mente (pelo menos o que eu conheço até agora, porque sei que ainda tenho muuuuito o que aprender sobre esse computador) é que ela transforma em realidade tudo aquilo que pensamos. Oi?² É, exatamente isso…

Dei até um parágrafo aqui, para esperar você se recuperar do choque, para eu continuar a explicar.

Quando sonhamos enviamos para a nossa mente todo o material de que ela precisa para construir a nossa realidade. Ao criarmos a imagem mental daquilo que queremos, visualizando com detalhes nossos objetivos, criamos um esboço, um desenho, do que queremos concretizar. Quando adicionamos sentimento a essa imagem, sentimentos como amor, fé, felicidade, nós damos vida ao desenho. É como se apertássemos o botão de “concretizar” que tem na nossa mente, que dá o comando ao Universo e ambos começam a trabalhar para nos dar exatamente o que queremos.

Viu como é que não há realidade que não tenha início com um sonho?

Ah, sim, você precisa saber também que a nossa mente que cria não tem a capacidade de filtrar as coisas, ela apenas obedece aos nossos comandos. Então, quando você pensa em alguma coisa ruim, e tem sentimentos igualmente ruins, como medo ou raiva, o mesmo mecanismo de criação é acionado, pois ela entende que é aquilo ali que você quer.

O bom é que, agora que você sabe disso, pode escolher os pensamentos que vai nutrir e estimular, substituindo as imagens ruins pelo desenho da vida dos seus sonhos.

Ei, tá esperando o quê para dar asas à sua imaginação e começar a criar aí na cachola a sua nova vida?

Então, vem sonhar! Então, vem comigo!

Vamos conversar mais sobre isso? É só deixar um comentário aqui embaixo ou mandar um email para carol@entaovemcomigo.com.br 😉

Aonde você quer chegar?

Quando você vai viajar, qual a primeira coisa que deve ser feita? Arrumar as malas? Comprar as passagens? Abastecer o carro? Sim, tudo isso é muito importante, mas o fundamental antes de iniciar uma viagem é definir o destino.

Parece bem óbvio, né?! E é mesmo, mas é justamente esse o problema do óbvio, ele é tão evidente, tá tão diante do nosso nariz, que às vezes nos esquecemos dele, por isso o óbvio também precisa ser dito.

Bom, mas como eu dizia, a primeira coisa a ser feita quando se vai viajar é definir o destino, é saber aonde se quer chegar. Sem isso todo o resto será inútil.

O mesmo ocorre com a vida, é preciso que esteja bem claro para você aonde quer chegar na vida, o que pretende realizar, caso contrário, você ficará o tempo todo correndo, de um lado para o outro, sem nunca chegar a lugar algum.

Quando não se tem clareza acerca do objetivo, não é possível saber qual caminho escolher, pois, como muito bem disse o filósofo Sêneca: “Se o homem não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável”.

Consegue perceber a importância disso? Ter bem definida a sua meta é retomar as rédeas da vida em suas mãos. É saber fazer as escolhas mais acertadas para você. É conseguir discernir o que lhe é proveitoso de tudo aquilo que representa atrasos e distrações. É, usando o exemplo de Sêneca, saber reconhecer os ventos favoráveis, navegar com eles, e poder se desviar dos que não te auxiliarão.

Se você ainda não tem essa clareza sobre onde quer chegar, sobre o que quer fazer na vida, não tem problema. Eu te ajudarei com isso.

Pense um pouco sobre a vida dos seus sonhos. Pare e visualize tudo o que você mais quer nesse mundo, em todos os campos da sua vida. Viaje longe, afinal, sonhar não custa nada.

Enxergue-se vivendo da maneira como sempre sonhou. E aí? Onde você está agora? Como é o seu trabalho? Como são seus relacionamentos? O que faz no seu tempo livre? Onde você mora? Como é a sua casa? Você gosta de viajar? Quem está ao seu lado? O que você come? Como é o seu corpo? Como está a sua saúde? Como você se veste? Quais músicas você ouve?

Visualize a vida do seus sonhos, com todos os detalhes a que se tem direito!!!

Como você se sente agora, ao fazer esse exercício? Bem, né?!

Pois, muito prazer, essa é a sua meta! E, não me venha dizer que isso não é possível, porque SE VOCÊ PODE SONHAR, VOCÊ PODE REALIZAR!!!!

Agora você já tem um rumo definido! Então, vem comigo!

Eu te desejo um milagre de Natal…

O Natal é uma das épocas do ano mais incríveis do mundo. É o momento que desperta as mais lindas virtudes no coração das pessoas, que são tomadas por amor, compaixão, alegria, esperança…

Nesta época, pode-se sentir uma energia especial vibrando no ar, fazendo com que coisas que consideramos impossíveis aconteçam. São os milagres de Natal.

E é exatamente isso que eu desejo a você, um milagre de Natal. Desejo que você seja o seu milagre de Natal.

Desejo que a luz da estrela guia brilhe dentro de você, anunciando o nascimento de uma pessoa maravilhosa, capaz de salvar o seu mundo: VOCÊ! Sim, desejo que você nasça e renasça todos os dias. Desejo que abra os olhos, a cada dia, empolgado com a nova vida que começa naquele instante. E que a luz da estrela tenha um brilho tão intenso que ilumine a todos aqueles que cruzarem o seu caminho. Que as pessoas se sintam inspiradas, contagiadas e esperançosas, graças à sua luz!

Desejo também que haja sempre um véu sobre os seus olhos, o véu da positividade, para que em cada desafio você veja uma oportunidade de crescer e ser melhor. Para que onde quer que o seu olhar recaia, você possa ver o bem, ver o amor. Para que o seu olhar seja cheio de possibilidades.

E desejo que você saiba agradecer, por tudo, o tempo todo.

Desejo também que você tenha amnésia, para que se esqueça completamente de uma palavra que te já te disseram muito: impossível. Tudo lhe será possível a partir de hoje. Desejo também que a amnésia atinja as suas lembranças, mas somente as ruins. Quero que se apaguem de sua memória todos os momentos em que te disseram que o seu sonho não valeria a pena, que a felicidade não existia no mundo e todas as palavras desmotivadoras que você tenha ouvido alguma vez na vida.

Desejo que você tenha muita fé, uma fé inabalável, em você mesmo. Que você saiba que o seu maior e mais incrível sonho será a sua realidade, simplesmente porque você o quer e o fará acontecer. Desejo que não acredite em nada, nem ninguém, mais do que creia em si mesmo.

E desejo, também, que você faça sempre as melhores escolhas, ou seja, que sempre escolha ser você!

Agora já chega, pare de ler isso, vá lá pra fora e mostre a todos a sua luz, anunciando o milagre mais incrível deste Natal, que o mundo nunca mais será o mesmo, porque você acaba de nascer!

Feliz Natal! E que seja Natal 365 dias por ano, bem aí, dentro de você!

Então, vem comigo!

É muito fácil viver de mimimi!

Olha, é tão fácil, mas tão fácil, viver de mimimi, que você nem acredita!

Tá, vou te explicar o que isso significa primeiro. Viver de mimimi é estar sempre se lamentando e responsabilizando os outros por tudo que acontece na sua vida. Quem vive de mimimi é uma grande vítima das circunstâncias. Aquela pessoa que tem uma desculpa para tudo e que, muitas vezes, desperta a pena do seu ouvinte. Conhece alguém assim? Aposto que conhece aos montes! Se eu te pedir para contar nos dedos, as mãos e os pés não serão suficientes!

Então, agora que ficou bem claro eu volto ao que eu estava dizendo antes. Viver de mimimi é a coisa mais fácil do mundo. Não requer esforço nenhum. Você sempre terá alguém em quem pôr a culpa. Todo mundo tem aquele chefe mala, ou um parente folgado, um pai ou mãe cabeça-dura, um marido desatento, uma esposa implicante… Ih, a lista é longa! E, se as pessoas com quem você convive forem anjos na terra, não tem problema. Agora eu te dou a carta na manga do mimimi: você sempre poderá culpar os políticos! Viu que fonte inesgotável?

E tem mais, quando você vive de mimimi, não precisa se responsabilizar por nada nessa vida. O outro taí pra isso esqueceu? Sua vida será sempre como a de uma criança que diz: “Não fui eu, mãe, foi o Pedrinho!”.

Olha que beleza! Você pode sair por aí despreocupado e tranquilo. Nunca mais vai ter que tomar uma decisão, nunca mais vai precisar assumir a responsabilidade e, sempre que sentar com os amigos, vai poder chorar todas as pitangas e dizer como o mundo é injusto com você.

Só que, como boa amiga que sou, preciso te contar as consequências dessa escolha. Claro que tem, ué! Tudo nessa vida tem consequência, ação e reação (um beijo pra terceira lei de Newton!).

Calma, eu te conto e depois você decide, pode ser?

Quem vive de mimimi, por outro lado, nunca vai chegar a lugar nenhum. Uma pessoa que não assume a responsabilidade pelos seus atos e fica sempre culpando o outro, nunca será capaz de realizar qualquer coisa nessa vida. É bastante provável, também, que nunca conheça uma palavrinha querida nossa chamada sucesso. Nem preciso dizer que nunca será respeitada por ninguém e, muito menos, admirada.

Aquele que escolhe esse caminho nunca sentirá a alegria de superar um obstáculo. Não vai saber como é o orgulho que dá quando a nossa força de vontade e a nossa iniciativa decidem se unir e vencem uma dificuldade. Ele não saberá o que é brilho no olho. Nunca enxergará no espelho uma Pessoa, com P maiúsculo, que se destaca entre a boiada, com sua cabeça erguida e seus passos cheios de determinação.

Muito provavelmente quem vive de mimimi ficará sozinho. Os amigos o vão abandonando pelo caminho, afinal, ninguém aguenta uma pessoa tão negativa e irresponsável, né? Até quem também vive de mimimi o deixará, porque não tem graça nenhuma despertar a piedade de quem também está na pior… Daí para a depressão é um pulo. E, quando menos percebe, aquela pessoa está no final da sua vida, triste e sozinha, pensando em como tudo poderia ter sido melhor se ela, naquele dia, tivesse escolhido ser uma vencedora e responsável por si mesma…

E aí, já se decidiu? Então, vem comigo!

6 Dicas para sobreviver às festas de fim de ano!

É Natal!!! Pode-se sentir pelo cheiro que se esparrama pelo ar e vem tocar cá dentro do coração da gente!

Uma delícia reunir a família, os amigos em várias confraternizações. Uma época em que é certo que encontraremos as pessoas das quais a gente gosta!

Delícia, né?!

É, eu sei também que não é seeeeempre alegria, tem algum chato que vai dizer “É pavê ou pacumê?” ou que vai entoar um “É marmelada, é marmelada!” na hora do amigo oculto. Sem falar naquele parente que vai questionar o seu estilo de vida e encher a sua cabeça com frases do tipo: “Cria juízo! Para de brincar de viver e arruma logo um emprego!”, “Você ainda não passou num concurso?” “Você tá achando que a vida é fácil? Felicidade é utopia.” “Mudar de carreira pra quê? Direito dá tanto dinheiro?” “Quer que eu converse com seu tio pra ele te arrumar um emprego de verdade?”.

Calma, respira fundo e continua comigo, porque é justamente sobre como lidar com isso que eu vim te falar hoje.

Em primeiro lugar, todos concordamos que seria mais agradável se nenhum desses comentários fossem feitos, mas, como há coisas nessa vida que a gente não pode mudar, bora aprender a viver bem com isso.

Então, vamos lá! Seis dicas para você passar incólume pelas festas:

1- QUEM COMENTA SE IMPORTA COM VOCÊ!

Antes de mais nada, preciso deixar bem claro uma coisa: quem vem falar isso contigo é porque se importa verdadeiramente com você e quer o seu bem. Essas pessoas só querem te poupar do sofrimento futuro que elas acham que você vai experimentar. Sim, elas podem jurar que o caminho que você escolheu é errado e vai te fazer sofrer, só porque é diferente do delas…

2- TODO MUNDO TEM UM PASSADO.

Por quais coisas na vida essa pessoa passou, você sabe? Todo mundo tem uma carga de experiências, pessoais ou de outros entes queridos. Todo mundo já passou ou viu alguém passar um perrengue. Isso deixa marcas, até mesmo traumas, dependendo do caso. E quando você quer o bem de uma pessoa (tá lembrado do tópico 1?), a única coisa que queremos é que ela não sofra nunca! A única realidade que essa pessoa conhece é a dela, você entende isso? Ela não pode nem imaginar um caminho diferente… E tem certeza que, se você trilhar um caminho que não o que ela te aponta, vai quebrar a cara e isso é TUDO QUE ELA NÃO QUER!!!

3- VOCÊ TEM UM SONHO!

Sim, você tem um sonho! Você tem um objetivo e um propósito que são maiores do que você, pelos quais seria capaz de dar a própria vida. Você tem um desejo tão grande, tão intenso, uma vontade tão inabalável, que não vai desistir quando alguém tentar te impedir. Muitos tentarão te impedir! Muitos te chamarão de louco, não serão capazes de te compreender, de ver o que você vê, de sentir o que você sente. Acostume-se com isso. Fortaleça-se nisso!

4- CALAR-SE TAMBÉM É UM ATO DE SABEDORIA.

Seja sábio o bastante para entender que tem horas que o silêncio fala mais alto que mil palavras. Calar-se no momento oportuno é um ato não só de sabedoria e humildade, mas, também, de compaixão. É reconhecer que, às vezes, o outro não está pronto para ouvir o que temos a dizer. Que a discussão será infrutífera e poderá abalar profundamente alguém que se importa muito com você (se por acaso tiver se esquecido disso, volte no tópico 1).

5- VOCÊ É ÚNICO!

Você é único e especial e somente você será capaz de escolher o que é certo para sua vida, o que será bom para você! A vida é sua, o caminho é seu, a felicidade, também! Então sinta-se senhor da sua jornada e tenha certeza de que está fazendo a melhor, não importa o que o mundo irá pensar!

6- TIRE A SUA GRANDE LIÇÃO!

Essa situação, além de um grande exercício de tolerância, autoconhecimento, empatia e compaixão, também nos ensina uma lição muito valiosa: o que é bom para a gente, nem sempre é bom para o outro. Em algum momento da sua vida você também estará do outro lado, vendo alguém fazer as próprias escolhas e discordando delas, porque pensa totalmente o oposto! Quando esse momento chegar, lembre-se das suas festas de fim de ano e de como aquelas pessoas te punham para baixo, sempre que tentavam te convencer a abandonar as suas convicções.

Espero que você tenha lido esse post a tempo, mas, se não leu, preocupa não, ano que vem tem mais!

Então, Keep Calm e vem comigo!

Deixe seu comentário aí embaixo ou, se preferir, mande um e-mail para carol@entaovemcomigo.com.br Quero muito saber o que você achou e como foram suas festas! 😉

Eu queria que esse momento durasse para sempre…

Sabe aquela coisa que foi tão boa para você, mas tão legal, que você queria que nunca acabasse? Nem precisou pensar muito para se lembrar, não é mesmo?

Todos já passamos por isso. Todos temos aquele momento que queríamos que durasse por toda a eternidade, e que sofremos absurdamente muito ao percebermos que ele já passou.

“Eu queria que o tempo parasse agora e esse momento durasse para sempre…” E nos agarramos com todas as forças àquilo, lutamos contra tudo para que aquilo nunca acabe. Às vezes, já acabou, mas nós simplesmente nos recusamos a aceitar e continuamos tentando resgatar, repetir aquele momento. A gente quer que ele dure por toda a eternidade, esqueceu?

E o que é a eternidade, senão a sucessão infinita de pequenos momentos?

Tornar eterno não é tentar parar o tempo. Eternizar não é querer prender no presente um momento, uma pessoa, uma coisa, um animal… Eternizar é entregar-se ao fluxo da vida, é perceber que uma coisa se vai, para que o novo aconteça. Até a hora em que o que era novo, também precisa se renovar.

O que você viveu já se tornou eterno. Aquele momento incrível, aquela pessoa especial, tudo já está registrado para sempre na sua memória, no seu coração, e isso não vai mudar! 

Tenha sabedoria e leveza para deixar a vida seguir o seu fluxo, permitindo que os momentos aconteçam, surpreendendo-se com quantas coisas legais acontecem quando você se conecta com a energia da renovação, quando você se torna consciente da impermanência!

Tudo está se renovando agora, inclusive dentro de você! No seu corpo, várias células novas são criadas, o tempo todo, para entrarem no lugar daquelas que não mais lhe são úteis. Você É a renovação! Então aceite que ela também acontece fora de você!

Permitir que a vida siga o seu fluxo é levar a experiência de viver para um outro nível. É estar presente, consciente, leve… É também livrar-se do sofrimento que assola o coração sempre que tentamos insanamente nos apegar a uma coisa, que, por sua vez, precisa passar.

Então, entregue-se, liberte-se. Deixe ir. Deixe vir…

Então, vem comigo!

 

Foi um sapinho que me ensinou…

Tenho certeza que todo mundo aqui, algum dia na vida, já levou um balde de água fria ao contar um plano seu, um desejo intenso, um sonho… Você vai todo empolgado contar aquele desejo especial, uma realização que você almeja alcançar e … pá! – a pessoa que você escolheu para confidenciar o seu precioso objetivo te diz: você é louco! Isso não é para o seu bico! Você não vai conseguir… coisas desse tipo.

Você tem aquele pensamento que aquece seu coração nos momentos difíceis, aquele sonho que, quando se visualiza realizando, sente-se tão bem que fica até sorrindo, com cara de bobo! Sabe qual?

Pois é. Aí, você fica doido para contar para alguém, dividir isso, compartilhar sua alegria, sua esperança. Toma toda a coragem do mundo, respira fundo, fala e obtém essa resposta? Parece que você diminui uns dez centímetros nessa hora, fica se sentindo o cocô do cavalo do bandido, muitas vezes acredita naquilo tudo que lhe foi dito e… desiste.

Eu já experimentei isso algumas vezes, até que ouvi uma historinha de Monteiro Lobato, que hoje compartilho com você.

Era uma vez uma corrida de sapinhos. Eles tinham que subir uma grande ladeira e, do lado, havia uma grande multidão, muita gente que vibrava com eles.
Começou a competição.
A multidão dizia:
– Não vão conseguir! Não vão conseguir!
Os sapinhos iam caindo um a um, menos um deles que continuava subindo. E a multidão a aclamar:
– Não vão conseguir! Não vão conseguir!
E os sapinhos iam desistindo, menos um, que subia tranquilo, sem esforço.
No final da competição, todos os sapinhos desistiram, menos aquele.
Todos queriam saber o que aconteceu, como ele conseguiu realizar aquela façanha impossível e, quando foram perguntar ao sapinho como ele conseguiu chegar até o fim, descobriram que ele era SURDO!

Sejamos nós também surdos, como aquele sapinho. Surdos às críticas destrutivas, surdos às palavras de desmotivação, surdos ao pessimismo, à descrença, surdos aos comentários maldosos, surdos a todos que não acreditam em nós. 

Ouça aquela voz que vem de dentro você e te diz forte, vibrante e intensa, que você é capaz, que é merecedor, que você é forte, bravo, guerreiro e lutador! Escute-a, ela acredita em você, porque conhece o seu poder, porque sabe que você, como o sapinho surdo, pode atingir o mais alto pico do maior dos montes, se não der ouvidos para o que não merece ser ouvido!

Sim, o topo espera por você! Então, vem comigo!

E se não existisse dinheiro no mundo?

Sei que essa é uma pergunta até um pouco bizarra, mas, as respostas a ela podem ser bem reveladoras. Quer ver?

Você acorda pela manhã e percebe que seu despertador não tocou. Desesperado, dá um pulo da cama, olha apressado em volta, tentando descobrir o quanto se atrasou.

De repente você se dá conta que há algo de muito diferente… Depois de procurar, sem êxito, suas roupas de trabalho penduradas no lugar de costume, você resolve olhar pela janela e vê algo espantador: pessoas felizes lá fora.

Você enfim descobre as horas, são dez da manhã. O dia? Quarta-feira. E por que diabos aquelas pessoas estão todas lá fora, brincando, andando de bicicleta, se divertindo, em plena quarta-feira? Elas não deveriam estar trabalhando? Como conseguirão dinheiro para pagar suas contas se não trabalharem? Como sustentarão suas famílias apenas se divertindo? E o dinheiro? E o dinheiro? E o dinheiro?

Você sai correndo pelas ruas e começa a abordar as pessoas? Por que estão tão felizes? Por que não estão trabalhando? E o dinheiro?

Sempre muito sorridentes, as pessoas te respondem que estão trabalhando, sim. Uma cuida de seu jardim, outra caminha animada, conduzindo um grupo. Aquela lá no fundo, cheia de sacolas, disse que está cozinhado para a vizinhança. Mas, nenhuma delas entende quando você pergunta sobre o dinheiro. Elas não sabem o que é isso.

Não sem um grande choque, você descobre que o dinheiro não existe mais. Na verdade, para todo o resto do mundo, era como se ele nunca tivesse existido, mas, por algum motivo muito estranho, você ainda se lembra muito bem de quando o mundo era movido pelo dinheiro.

Naquela época, desde criança você via seus pais trabalhando muito, muitas vezes até sem tempo para brincar com você, e, sempre que lhes perguntava o porquê, eles respondiam: “Temos que trabalhar para ganhar dinheiro e poder pagar as contas, comprar comida, pagar sua escola… Quando você for grande e tiver a sua família, fará o mesmo por eles! Aproveite agora enquanto ainda pode brincar e se divertir, depois, não terá mais nada disso.”

Você? Seguiu o mesmo caminho. O único caminho. Aquele que todo mundo te disse que deveria ser seguido.

Se emocionou ao recordar o quanto se divertia na infância, né? Consegue se lembrar de qual foi a última vez em que se sentiu assim, feliz? Não? Então aproveite agora, que o dinheiro não existe mais, que você não tem que trabalhar para pagar as contas (não há mais contas neste mundo) e vai se divertir!

E aí? O que você vai querer fazer agora? Como vai querer aproveitar todo esse tempo livre? Onde vai querer morar? Com quem vai conversar? Sobre o que falarão? O que vai querer comer no almoço? Você mesmo que vai preparar? Quais os cursos que você vai querer fazer agora? Você quer aprender alguma coisa nova? Sim, pode ser qualquer coisa! Seu tempo agora é todinho seu e você pode fazer o que quiser com ele! Você pode ser o que quiser? Que tal ser você mesmo? As pessoas não vão te julgar por isso, elas também são elas mesmas o tempo todo, não viu pela janela como elas estavam felizes e realizadas? Vai lá, junte-se a elas…

___

Se no mundo não existisse mais dinheiro e você não vivesse em função dele, poderia ser você e fazer tudo o que quisesse e gostasse, durante todas as 24 horas do seu dia.

Sei que você não pode acabar com o dinheiro do mundo, mas você pode, sim, parar de viver em função dele! Você pode viver em função das suas paixões e transformá-las no seu trabalho e, via de consequência, sua fonte de renda.

Claro que é possível!!! Seja qual for a sua paixão, é possível viver dela. Viver bem, sim senhor! A vida é um mundo de oportunidades e, com disposição, paixão e muita vontade, você pode conquistar o seu espaço, fazendo o que gosta e sendo muito feliz!

Você quer? Você acredita? Então, vem comigo!

P.S.: Se você é como uma das inúmeras pessoas com as quais eu converso, que dizem não saber quais são as suas paixões, fazer essa brincadeira vai te ajudar a descobrir! 😉

Página 1 de 212