Em algum momento você vai querer desistir

Em algum momento da sua vida, diante de uma situação importante, você vai querer desistir.

Você vai tentar se convencer de que não adianta lutar, que não há mais forças para tentar e que aquela é uma batalha perdida.

“Reconheça, você perdeu.” – Você se diz. – “Pare de tentar e vamos voltar ao que era antes. Eu até aceito as suas desculpas…”.

Sei que nessa hora você sente o peso do mundo nas costas. O fracasso tão próximo, que você é capaz de sentir o seu gosto nos lábios. O calor da derrota se abatendo sobre você, que já começa a concordar que não tem mais forças.

Nessa hora, quando todos os fatores externos parecem ir contra você, quando você mesmo já quer desistir de você, silencie o mundo.

Pare o que estiver fazendo, cale qualquer outra voz que lhe ocupe os ouvidos e concentre-se.

Concentre-se na vozinha que vem lá do fundo do seu íntimo, utilizando todas as suas forças, o último respiro de ânimo, para te dizer: VOCÊ PODE SIM!!!

De repente, você se vê capaz de novo. Você percebe que tudo é uma questão de escolhas, até mesmo suas crenças, e que aquilo que você escolher será a sua realidade.

Nessa hora, escolha a força. Escolha a coragem. Escolha a esperança. Escolha a vontade. Escolha VOCÊ!

Escolha o seu poder, ainda que o mundo insista em gritar que você não é capaz. Escolha ser capaz!

Escolha ser o guia da sua vida, escolha entrar em contato com sua força, escolha alimentar aquela vozinha fraquinha, para que ela se torne um brado ensurdecedor, que ecoa dentro de você e ressoa para o mundo.

Escolha acreditar em você. Escolha esquecer o significado da palavra desistir. Escolha persistir…

Escolha viver os seus dias em sua plenitude. Escolha a leveza de alma e o sorriso no rosto.

Escolha uma vida mais significativa. Escolha o aqui, escolha o agora, escolha estar presente.

Escolha o melhor.

Então, vem comigo!